Porto Alegre, 22 de setembro de 2017 .
 


Amyr Klink.

Foi o primeiro livro do famoso navegador. Saiu do sul da África e remou 100 dias até Salvador, Bahia. Foram anos de planejamento, perseguindo um sonho e ouvindo previsões negativas. Teria o mesmo destino dos seus antecessores: a morte e o desaparecimento total do seu corpo. Nunca esmoreceu e sabia que os pessimistas não conheciam o “Dossiê Amarelo”, uma pasta que reunia todos os dados do planejamento e mostravam sua viabilidade. Acredito que um vestibulando que ler “Cem Dias” vai aprender o valor do planejamento e da disciplina.

<< voltar

 
www.dominodehistoria.pro.br - Todos os direitos reservados
Website by Camila Moscardini